Você sabe como seu plano de saúde é reajustado?

A Saúde é o nosso bem mais precioso, por isso devemos fazer tudo que está ao nosso alcance para preservá-la. 

O plano de saúde é uma das opções disponíveis para que a população tenha uma acesso à assistência médica como consultas, exames e internações de forma rápida e segura. 

Os planos possuem diferentes modalidades de contratação:

- Planos Individuais e Familiares : disponível para pessoas físicas , a contratação é realizada através do CPF

- Planos Coletivos por Adesão: disponível para pessoas fisícas entretanto intermediada por uma Administradora de Benefícios para uma categoria profissional ( médicos, dentistas, advogados , fisioterapeutas, funcionários do comércio, entre outras). As Adminsistradoras  possuem parceria com diversas entidades, associações e instituições de classe ligadas as profissões/formação acadêmica , possuindo cláusulas preestabelecidas.. O reajuste para plano de adesão em 2021 mudará de acordo com o contrato feito entre a empresa e a operadora do plano de saúde

- Planos PME (Pequena e Médias Empresas): disponível para quem possui CNPJ independente da qualificação da empresa (MEI, ME, EIRELI, EMPRESÁRIO INDIVIDUAL , LTDA ), o importante neste caso é o CNPJ esteja ativo na Receita Federal e que haja pelo menos 2 vidas com interesse de contratação do plano de saúde, isso porque os planos destinados a pequenos e médios empresários abrange empresas de 02 até 99 vidas.

- Planos Empresarias: disponível para contratação através de CNPJ à partir de 100 vidas , comumente utilizados por empresas que desejam oferecer o benefício aos seus colaboradores.

Assim como as diferentes modalidades de contratação , os modelos de reajuste também sofrem variação , neste artigo vamos esclarecer algumas dúvidas sobre o assunto   : Como são feitos os reajustes do plano de saúde? 

Acompanhe! 

QUAIS SÃO OS TIPOS DE REAJUSTES DOS PLANOS DE SAÚDE?

Os reajustes utilizados pelas operadoras são: o reajuste anual, reajuste por sinistralidade e reajuste por faixa etária ;

  • 1 - Reajuste anual: é realizado após 12 meses do fechamento do contrato em quase todas as modalidades de contratação individual , familiar, PME e Empresarial , a exceção a regra sãos os planos coletivos por adesão do qual falamos um pouquinho lá em cima, estes sofrem reajuste em meses especificios, dependendo da operadora e administradora .
  • 2 - Reajuste por sinistralidade: Essa correção aplica-se para os planos coletivos por adesão, PME e empresarial, com objetivo de manter a saúde da apólice e equilibrar o custos quando os mesmos ultrapassarem o limite técnico que é de 70%  ,ou seja, caso as despesas com o grupo ultrapasse uma parte do percentual da receita no mesmo período. 
  • 3 - Reajuste  por faixa etária: No plano de saúde os valores de precificação são realizado de acordo com a idade , iniciando dos 0-18 anos e terminando aos 59 anos , que é o último permitido pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), após os 18 anos o valores sofrem reajuste a cada 5 anos .

O percentual de reajuste anual que os planos de saúde podem aplicar tem que estar de acordo com o fixado pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

VOCÊ SABIA ??????

Devido a pandemia da COVID-19 a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu os reajustes  anuais e por faixa etária para todos os contratos que fizessem aniversário entre os meses de setembro e dezembro de 2020, estes pagamentos serão diluídos em 12 parcelas iguais de janeiro a dezembro de 2021. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*